Ilê Aiyê

Ramiro

Ilê Aiyê Afro Antigo, montré par Ramiro Musotto en 2005 à la Cie  La Batook. Une idée de la façon dont était joué le samba dans les années 60 / 70 à Salvador de Bahia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Portela 2016 : stage avec Mestre Nilo

samba enredo 2016 de Portela :

Capture d’écran 2016-06-08 à 21.52.47

No voo da águia, uma viagem sem fim…

« Le vol de l’aigle, un voyage sans fin… »

téléchargeable ici

Voar nas asas da poesia
Rasgar o céu da mitologia
E nessa Odisseia viajar
Meus olhos vão te guiar na travessia
E no meu destino sem fim
Cruzar o azul que é tudo pra mim
Enfrentar tormentas e continuar a navegar

Oh leva eu, me leva
Aonde o vento soprar eu vou
Oh leva eu, me leva
Sou livre, aonde sonhar eu vou

Quisera ir ao infinito
Sentir lugares tão bonitos
Em terras mais distantes me aventurar
Sem saber se um dia vou voltar

E mais além
No elo perdido cheguei
No vai e vem
A chave da vida encontrei

Vou pedir passagem
Em busca do ouro
O seu brilho me fascina
Quero esse mapa da mina
Pra achar tesouros
Abre a janela pro mundo que Paulo criou
Do outro lado
Alguém pode ver esse amor
Meus filhos vem me adorar
O samba reverenciar
Abram alas, vou me apresentar

Eu sou a águia
Fale de mim quem quiser
Mas é melhor respeitar
Sou a Portela
Nessa viagem, mais uma estrela
Que vai brilhar no pavilhão de Madureira

Arrangement tamborim :

tamborim ralenti :

Portela 2016 - TamborimPortela 2016 - Tamborim 1

détails caisse claire : voir ici.

 

récap de la journée de stage :